imagem alusiva a Quero versos que sejam como jóias

Quero versos que sejam como jóias

PoetMi.com

Quero versos que sejam como jóias

Quero versos que sejam como jóias


Para que durem no porvir extenso


E os não macule a morte


Que em cada cousa a espreita,


Versos onde se esquece o duro e triste


Lapso curto dos dias e se volve


À antiga liberdade


Que talvez nunca houvemos.


Aqui, nestas amigas sombras postas


Longe, onde menos nos conhece a história


Lembro os que urdem, cuidados,


Seus descuidados versos.


E mais que a todos te lembrando, escrevo


Sob o vedado sol, e, te lembrando,


Bebo, imortal Horácio,


Supérfluo, à tua glória...


Ricardo Reis in Odes de Ricardo Reis


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Ricardo Reis

Ricardo Reis, um dos diversos heterônimos do escritor português Fernando Pessoa. Segundo seu criador, ele nasceu em 1887, em Portugal, mas se exilou no Brasil a partir de 1919. Monarquista, epicurista, partidário do estoicismo e do paganismo, sua poesia possui traços neoclássicos e tem como principal temática a efemeridade da vida.