imagem alusiva a Quando Neptuno houver alongado

Quando Neptuno houver alongado

PoetMi.com

Quando Neptuno houver alongado

Quando Neptuno houver alongado


Até quase aos bosques ao cimo da praia


Os seus braços com mãos ruidosas de espuma


E Éolo houver


Largado por sobre o mar sob o azul


Onde Apolo aquece


Os cavalos frescos dos ventos leves,


Eu irei contigo


Passear na altura cheirosa a mar


Dos (...) altos


E concluir que esta vida é pouco


Desde que os deuses


Foram velados e os homens ingratos


Dos altares esquecidos tiraram todos


Os ex-votos velhos,


Os ex-votos velhos que eram (...)


(...)


Que Cristo e Maria


E de antes que a cruz pusesse a nudez


Da sua secura


De encontro ao céu sempre velho e novo.


Ricardo Reis in Odes de Ricardo Reis


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Ricardo Reis

Ricardo Reis, um dos diversos heterônimos do escritor português Fernando Pessoa. Segundo seu criador, ele nasceu em 1887, em Portugal, mas se exilou no Brasil a partir de 1919. Monarquista, epicurista, partidário do estoicismo e do paganismo, sua poesia possui traços neoclássicos e tem como principal temática a efemeridade da vida.