imagem alusiva a PSIQUETIPIA (OU PSICOTIPIA)

PSIQUETIPIA (OU PSICOTIPIA)

PoetMi.com

PSIQUETIPIA (OU PSICOTIPIA)

PSIQUETIPIA (OU PSICOTIPIA)


Símbolos. Tudo símbolos...

Se calhar, tudo é símbolos...

Serás tu um símbolo também?


Olho, desterrado de ti, as tuas mãos brancas

Postas, com boas maneiras inglesas, sobre a toalha da mesa,

Pessoas independentes de ti...

Olho-as: também serão símbolos?

Então todo o mundo é símbolo e magia?

Se calhar é...

E porque não há-de ser?


Símbolos...

Estou cansado de pensar...

Ergo finalmente os olhos para os teus olhos que me olham.

Sorris, sabendo bem em que eu estava pensando...


Meu Deus! e não sabes...

Eu pensava nos símbolos...

Respondo fielmente à tua conversa por cima da mesa...

«It was very strange, wasn't it?»

«Awfully strange. And how did it end?»

«Well, it didn't end. It never does, you know.»

Sim, you know... Eu sei...

Sim, eu sei...

É o mal dos símbolos, you know.

Yes, I know.

Conversa perfeitamente natural... Mas os símbolos?

Não tiro os olhos de tuas mãos... Quem são elas?

Meu Deus! Os símbolos... Os símbolos...


07/11/1933

Álvaro de Campos in Poesias de Álvaro de Campos


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Álvaro de Campos

O Poeta Álvaro de Campos é um dos mais importantes heterônimos de Fernando Pessoa. Segundo Fernando Pessoa nasceu em Tavira, no extremo sul de Portugal. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. No entanto, não exerceu a profissão por não poder suportar viver confinado em escritórios.