imagem alusiva a No ocaso, sobre Lisboa, no tédio dos dias que passam,

No ocaso, sobre Lisboa, no tédio dos dias que passam,

PoetMi.com

No ocaso, sobre Lisboa, no tédio dos dias que passam,

No ocaso, sobre Lisboa, no tédio dos dias que passam,

Fixo no tédio do dia que passa permanentemente

Moro na vigília involuntária como um fecho de porta

Que não fecha coisa nenhuma.

Meu coração involuntário, impulsivo,

Naufraga a esfinges indigentes

Nas consequências e fins, [acordando?] no [além?]...

Álvaro de Campos in Poesias de Álvaro de Campos


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Álvaro de Campos

O Poeta Álvaro de Campos é um dos mais importantes heterônimos de Fernando Pessoa. Segundo Fernando Pessoa nasceu em Tavira, no extremo sul de Portugal. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. No entanto, não exerceu a profissão por não poder suportar viver confinado em escritórios.