imagem alusiva a Não torna ao ramo a folha que o deixou,

Não torna ao ramo a folha que o deixou,

PoetMi.com

Não torna ao ramo a folha que o deixou,

Não torna ao ramo a folha que o deixou,


Nem com seu mesmo pó se uma outra forma.


O momento, que acaba ao começar


Este, morreu p'ra sempre.


Não me promete o incerto e vão futuro


Mais do que esta iterada experiência


Da mutada sorte e a condição deserta


Das cousas e de mim.


Por isso, neste rio universal


De que sou, não uma onda, senão ondas,


Decorro inerte, sem pedido, nem


Deuses em quem o empregue.


Ricardo Reis in Odes de Ricardo Reis


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Ricardo Reis

Ricardo Reis, um dos diversos heterônimos do escritor português Fernando Pessoa. Segundo seu criador, ele nasceu em 1887, em Portugal, mas se exilou no Brasil a partir de 1919. Monarquista, epicurista, partidário do estoicismo e do paganismo, sua poesia possui traços neoclássicos e tem como principal temática a efemeridade da vida.