imagem alusiva a Não tenhas nada nas mãos [2]

Não tenhas nada nas mãos [2]

PoetMi.com

Não tenhas nada nas mãos [2]

Não tenhas nada nas mãos


Salvo uma memória na alma



Que quando te puserem


Nas mãos o óbolo último



Nada terás deixado.


Tu serás só tu próprio



Não poderão roubar-te


O que nunca tiveste.



Que trono te querem dar


Que Atropos to não tire?...



Que Coroa que não fane


No arbítrio de Minos?



Que horas que não te tornem


Da estatura da sombra



Que serás quando fores


O fim da tua estrada?



Colhe as flores. Abdica


E sê Rei de ti próprio.


Ricardo Reis in Odes de Ricardo Reis


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Ricardo Reis

Ricardo Reis, um dos diversos heterônimos do escritor português Fernando Pessoa. Segundo seu criador, ele nasceu em 1887, em Portugal, mas se exilou no Brasil a partir de 1919. Monarquista, epicurista, partidário do estoicismo e do paganismo, sua poesia possui traços neoclássicos e tem como principal temática a efemeridade da vida.