imagem alusiva a Estou cheio de tédio, de nada. Em cima da cama

Estou cheio de tédio, de nada. Em cima da cama

PoetMi.com

Estou cheio de tédio, de nada. Em cima da cama

Estou cheio de tédio, de nada. Em cima da cama

Leio, com uma minuciosidade atómica,

Lentamente, com uma atenção sem chama,

A Nova Enciclopédia Maçónica.


Penso no que fui (não me escapam as entrelinhas),

E o que a minha alma quis e a minha vida fez.

Coube-me, como a uma senhora um carrinho de linhas,

No meio do Grau 32 do Rito Escocês.


O que quis do passado por brisas se esfolha,

O que pude de oculto teve a tempo medo;

E olho a sorrir o título no alto da folha:

Sublime Príncipe do Real Segredo...

Álvaro de Campos in Poesias de Álvaro de Campos


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Álvaro de Campos

O Poeta Álvaro de Campos é um dos mais importantes heterônimos de Fernando Pessoa. Segundo Fernando Pessoa nasceu em Tavira, no extremo sul de Portugal. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. No entanto, não exerceu a profissão por não poder suportar viver confinado em escritórios.