imagem alusiva a De outras sei

De outras sei

PoetMi.com

De outras sei

IX


De outras sei que se mostram menos frias,

Amando menos do que amar pareces.

Usam todas de lágrimas e preces:

Tu de acerbas risadas e ironias.


De modo tal minha atenção desvias,

Com tal perícia meu engano teces,

Que, se gelado o coração tivesses,

Certo, querida, mais ardor terias.


Olho-te: cega ao meu olhar te fazes ...

Falo-te — e com que fogo a voz levanto! —

Em vão... Finges-te surda às minhas frases...


Surda: e nem ouves meu amargo pranto!

Cega: e nem vês a nova dor que trazes

À dor antiga que doía tanto!



No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Olavo Bilac

Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac foi um jornalista e poeta brasileiro.