imagem alusiva a Cuidas tu, louco Flaco, que apertando [1]

Cuidas tu, louco Flaco, que apertando [1]

PoetMi.com

Cuidas tu, louco Flaco, que apertando [1]

Cuidas tu, louco Flaco, que apertando


Os teus estéreis, trabalhosos dias


Em feixes de hirta lenha,


Cumpres a tua vida?


A tua lenha é só peso que levas


Para onde não tens fogo que aquecer-te,


Nem levam peso ao colo


As sombras que seremos.


Aprende calma com o céu havido


E com o pranto a ter contínuo curso.


Não sigas a clepsidra


Que conta a hora dos outros.


Ricardo Reis in Odes de Ricardo Reis


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Ricardo Reis

Ricardo Reis, um dos diversos heterônimos do escritor português Fernando Pessoa. Segundo seu criador, ele nasceu em 1887, em Portugal, mas se exilou no Brasil a partir de 1919. Monarquista, epicurista, partidário do estoicismo e do paganismo, sua poesia possui traços neoclássicos e tem como principal temática a efemeridade da vida.