imagem alusiva a Ah, sempre me contentou que a plebe se divertisse.

Ah, sempre me contentou que a plebe se divertisse.

PoetMi.com

Ah, sempre me contentou que a plebe se divertisse.

Ah, sempre me contentou que a plebe se divertisse.

Sou-lhe alheio à alegria, mas não alheio a que a tenha

Quero que sejam alegres à maneira deles.

Se o fossem à minha seriam tristes.

Não pretendo ser como eles, nem que eles sejam como eu.

Cada um no seu lugar e com a alegria dele

Cada um no seu ponto de espírito e faltando a língua dele.

Ouço a sua alegria, amo-a, não participo não a posso ter.

Álvaro de Campos in Poesias de Álvaro de Campos


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Álvaro de Campos

O Poeta Álvaro de Campos é um dos mais importantes heterônimos de Fernando Pessoa. Segundo Fernando Pessoa nasceu em Tavira, no extremo sul de Portugal. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. No entanto, não exerceu a profissão por não poder suportar viver confinado em escritórios.