imagem alusiva a Ah, os primeiros minutos nos cafés de novas cidades!

Ah, os primeiros minutos nos cafés de novas cidades!

PoetMi.com

Ah, os primeiros minutos nos cafés de novas cidades!

Ah, os primeiros minutos nos cafés de novas cidades!

A chegada pela manhã a cais ou a gares

Cheios de um silêncio repousado e claro!

Os primeiros passantes nas ruas das cidades a que se chega...

E o som especial que o correr das horas tem nas viagens...


Os ónibus ou os eléctricos ou os automóveis...

O novo aspecto das ruas de novas terras...

A paz que parecem ter para a nossa dor

O bulício alegre para a nossa tristeza

A falta de monotonia para o nosso coração cansado!...

As praças nitidamente quadradas e grandes,

As ruas com as casas que se aproximam ao fim,

As ruas transversais revelando súbitos interesses,

E através disto tudo, como uma coisa que inunda e nunca transborda,

O movimento, o movimento

Rápida coisa colorida e humana que passa e fica...


Os portos com navios parados.

Excessivamente navios parados,

Com barcos pequenos ao pé esperando...

Álvaro de Campos in Poesias de Álvaro de Campos


No poetmi desde

Avatar do autor do poema

Álvaro de Campos

O Poeta Álvaro de Campos é um dos mais importantes heterônimos de Fernando Pessoa. Segundo Fernando Pessoa nasceu em Tavira, no extremo sul de Portugal. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. No entanto, não exerceu a profissão por não poder suportar viver confinado em escritórios.